Domingo, 31 de Maio de 2020
ESPORTES

MUNDIAL DE CLUBES - Flamengo vira sobre o Al-Hilal e está na final do Mundial

Rubro-negro sai atrás, mas chega à vitória após a entrada de Diego

Publicada em 18/12/19 às 07:54h - 311 visualizações

por Selviria - O seu portal de noticias.


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Por Redação  (Foto: AFP)
Foi sofrido. Chegou a parecer que o "fantasma do Mazembe" voltaria a assombrar um time brasileiro. Mas o Flamengo fez o seu dever de casa. Na tarde desta terça-feira (17), o time brasileiro venceu o Al-Hilal, da Arábia Saudita, por 3 a 1 no Qatar e está na final do Mundial de Clubes depois de 38 anos.

O rubro-negro começou com muitas dificuldades, parte pelo nervosismo da partida, parte pela pressão alta dos árabes, o que impedia os meias flamenguistas de sair a bola com qualidade e iniciar a construção ofensiva.

A primeira chance de maior perigo até foi do Flamengo. Gerson aproveitou rebote na entrada da área e tentou por cobertura, mandando raspando a trave. Mas, o Al-Hilal tomou conta dos primeiros minutos do jogo e chegou ao gol.

Em jogada parecida com o gol do River Plate na final da Libertadores, Al-Dawsari recebeu bola rolada para trás da linha de fundo e bateu. A bola ainda bateu em Pablo Marí, tirando Diego Alves do lance. Antes, o mesmo camisa 29 já havia perdido chance incrível, cara a cara com o goleiro rubro-negro.

Com o gol, o campeão asiático recuou e deu campo para o Flamengo jogar. Mas a equipe de Jorge Jesus esbarrava na fraca atuação de seus homens de frente, especialmente Everton Ribeiro e Gabigol. O melhor lance do time brasileiro foi com Bruno Henrique, que teve ótima chance em enfiada de Arrascaeta, mas foi desarmado na hora do chute.

O time rubro-negro voltou com outra postura para o segundo tempo. E conseguiu reverter a vantagem logo aos quatro minutos. Gabigol, Bruno Henrique e Arrascaeta inverteram os papéis. Gabigol saiu para armar pelo meio e achou Bruno Henrique. O camisa 27 cruzou e o uruguaio ficou com o gol livre para empurrar a bola para a rede.

A partir daí, o time de Jorge Jesus passou a colocar a bola no chão e incomodar o Al-Hilal. Em pouco tempo, Gabigol perdeu três boas oportunidades. O jogo começou a ficar muito brigado no meio, com poucas chances dos dois lados.

Mas, assim como na final da Libertadores, a entrada de Diego mudou o rumo do jogo. O camisa 10 deu mais dinâmica ao meio de campo e passou a achar mais passes verticais. Em duas enfiadas, Diego decidiu a partida.

Primeiro, ele lançou Rafinha, que cruzou na cabeça de Bruno Henrique, que virou o jogo. Pouco depois, o golpe fatal. Diego abriu com Bruno Henrique na direita, que cruzou para Gabigol. Al-Albulayhi tentou cortar e fez um gol contra.

O Flamengo volta a campo no sábado, às 14h30, em busca do bicampeonato mundial e espera pelo vencedor da semifinal entre Monterrey e Liverpool, que se enfrentam nesta quarta-feira, às 14h30.
   



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (67)98161-2220

Visitas: 810082
Usuários Online: 36
Copyright (c) 2020 - Selvíria - O Portal de Noticias Oficial de Selvíria! - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS ACONTECE NA SELVÍRIA - WWW.SELVIRIA.COM.BR